Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais

BC Branco: Adriano foi o pé quente na fase de manutenção

Artur Jorge - 19/05/2017 - 9:25

Adriano Castanheira beneficiou com as saídas de Adul e Ballack. A partir daí apontou oito golos no campeonato.

Adriano Castanheira realizou uma segunda parte de temporada muito boa

Adriano Castanheira não marcou no derradeiro compromisso da época (derrota do BC Branco com o Angrense, 3-2) – tentos albicastrenses de Dani Matos e André Cunha - num encontro em que os albicastrenses não tinham nada em jogo, depois de na ronda anterior terem confirmado o 2.º lugar da Série E de manutenção.

Adriano realizou uma segunda parte de época em nível alto. As suas prestações não passaram despercebidas e foi o próprio jogador a confirmar, na semana passada, após o encontro com o Sp. Ideal, em que também marcou, a existência de propostas.

Já não está vinculado do Sporting da Covilhã. “O campeonato terminou. A partir de agora vou tratar do futuro. O BC Branco é uma hipótese a considerar, mas tenho recebido propostas. Vou analisar”.

Apontou 9 golos no CPP, oito dos quais na fase de manutenção. O seu rendimento disparou a partir do momento em que começou a jogar com regularidade. O esquerdino que passou pelas categorias jovens do FC Porto concorda: “Na primeira fase também tive muitos minutos, mas não jogava a titular com regularidade. Com as saídas do Adul e do Ballack, tive mais espaço e acabei por mostrar o meu valor, com golos e assistências”.

Lamenta que os albicastrenses não tivessem acedido à fase de subida. “Foi um ponto negativo. Existia esse objetivo, mas não o conseguimos alcançar. Depois acabámos por realizar uma fase de manutenção tranquila”, remata Adriano.

COMENTÁRIOS