Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais

Castelo Branco: GNR faleceu no hospital

Lídia Barata - 19/02/2018 - 11:16

Um militar da GNR acabou por falecer na madrugada de segunda-feira, no Hospital Amato Lusitano, depois de ser socorrido numa emergência médica.

Manuel Andrade prestava serviço em Castelo Branco

Um militar da GNR, de 51 anos, acabou por falecer durante a madrugada desta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, no Hospital Amato Lusitano (HAL), em Castelo Branco, onde deu entrada cerca da meia noite, no âmbito de uma emergência médica. O alerta chegou ao Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco às 23H49 de domingo, tendo sido mobilizados para o local uma ambulância de socorro dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco. foi transportado ao HAL, mas ali acabou por lhe ser declarado o óbito. A autópsia irá ditar as causas desta mote. Manuel Andrade prestava atualmente serviço no Comando Territorial da GNR de Castelo Branco.

COMENTÁRIOS

Pinheiro
Este ano
Ver se as urgências coleção a funcionar melhor e as pessoas que lá trabalhão a fazer o cerviço para que são pagas uma tristeza esse hospital, uma pessoa passa meses lá e só depois é que sabem o diagnóstico ou melhor doque a pessoa sofre, urgências ainda pior só no fim de horas, as 10h pequeno almoço, as 12h hora de almoço e não vale a pena alterar-se porque ainda pode ir prezo, cuidado...