Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais

Municípios: Vila de Rei lidera na transparência

José Furtado - 21/04/2018 - 17:33

Cinco municípios da região subiram na lista nacional. Proença-a-Nova foi o que mais subiu.

O concelho do pinhal está perto da lista dos 10 mais transparentes do país. Foto José Furtado/ Reconquista

O município de Vila de Rei é pelo terceiro ano consecutivo o mais transparente do distrito de Castelo Branco quando se trata de prestar informação aos cidadãos através da sua página na internet.

Esta é a conclusão do Índice de Transparência Municipal (ITM), que a associação cívica Transparência e Integridade acaba de divulgar.

A avaliação foi feita em colaboração com a Universidade de Aveiro.

Entre os 11 municípios do distrito apenas cinco – Vila de Rei, Proença-a-Nova, Castelo Branco, Covilhã e Penamacor – subiram na comparação com o ano anterior.

Vila de Rei subiu cinco lugares em relação ao ano passado, ficando à porta da lista dos 10 municípios mais transparentes do país.

Porém, este 11.º lugar mostra também uma queda de mais de nove pontos em relação a 2016, altura em que Vila de Rei conseguiu 92 pontos em 100 possíveis.

O ITM é calculado através da análise de 76 indicadores divididos em sete áreas distintas.

A informação sobre a contratação pública, a transparência económica e financeira ou a clareza sobre o urbanismo são algumas das áreas analisadas.

João Paulo Batalha, o presidente da Transparência e Integridade, explica que houve uma maior exigência na análise dos critérios em relação ao ano anterior.

“Esperávamos por isso uma queda maior do que a registada, o que significa que os municípios portugueses, de uma forma geral, levam a sério a sua prestação de contas aos munícipes e se esforçam por publicar não só mais informação, mas informação de maior qualidade, que procurávamos este ano”, disse em comunicado.

Na lista do distrito de Castelo Branco o segundo lugar é ocupado pelo concelho do Fundão, que ainda assim desceu 51 posições na lista nacional e perdeu 21 pontos face ao ano anterior, sendo o 81.º classificado da lista nacional.

Na terceira posição surge Proença-a-Nova, que tem a maior subida do distrito, escalando 113 lugares na tabela nacional, onde ocupa o 91.º lugar

Idanha-a-Nova é a quarta classificada no distrito e a 133.º no país, com um tombo de 49 lugares e a perda de 10 pontos em relação a 2016, situando-se perto dos 54. Castelo Branco surge logo a seguir no lugar 140 mas com uma tendência contrária- subiu 31 posições e melhorou a pontuação em sete pontos, ficando nos 52.

Os restantes lugares do distrito estão abaixo dos 50 pontos em 100 possíveis. São eles a Covilhã (162.º nacional com subida de 40 lugares), Oleiros (171.º com descida de 73), Vila Velha de Ródão (202.º com descida de 74), Penamacor (218.º com subida de 61), Sertã (220.º com descida de 69) e Belmonte (295.º com descida de dois).

Ricardo Aires, o presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, reagiu aos resultados em comunicado, onde refere que “ano após ano, o Município Vilarregense tem vindo a cimentar e melhorar o seu lugar neste Índice de Transparência Municipal, graças ao compromisso em disponibilizar para análise, no nosso website, todos os conteúdos relevantes”.

O autarca garante que quer continuar a afirmar o município como transparente “sendo que esta boa classificação vem ainda dar um estímulo adicional para continuarmos a trabalhar neste sentido”.

Em Proença-a-Nova, o município que mais conseguiu melhorar a sua classificação, João Lobo mostra-se agradado com os resultados.

No entanto o presidente deste município entende que este não é um sinal “de que estamos mais ou menos transparentes do que há um ano, apenas que estamos a comunicar melhor a nossa atividade, bem como a gestão corrente do Município espelhada no site”.

Com base nos resultados dos anos anteriores o município decidiu acrescentar informação “e, na maior parte dos casos, reorganiza-la para ficar mais facilmente acessível aos utilizadores”, diz o presidente em declarações ao Reconquista.

A estrutura da página foi melhorada no último ano para facilitar o acesso à informação.

O Índice de Transparência Municipal é publicado desde 2013, ano em que Vila Velha de Ródão foi o melhor município do distrito.

No ano seguinte o lugar cimeiro foi assumido por Proença-a-Nova e em 2015 por Vila de Rei, que desde então nunca mais de lá saiu.

COMENTÁRIOS