Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais

Combustíveis: CDS exige descida

Reconquista - 11/07/2018 - 17:04

Deputados e dirigentes nacionais e locais do CDS saíram à rua para uma campanha nacional pela redução do preço dos combustíveis.

Campanha também passou por Castelo Branco. Foto CDS

Deputados e dirigentes nacionais e locais do CDS saíram à rua para uma campanha nacional pela redução do preço dos combustíveis.

Castelo Branco não foi exceção, com os responsáveis pelo partido a visitarem os postos de combustível da cidade.

No folheto distribuído aos consumidores, o CDS fala na necessidade de acabar com o “saque fiscal” às famílias e empresas, recordando que 63 por cento do preço da gasolina e 55 por cento do valor pago pelo gasóleo são impostos.

Em comunicado o partido refere que o projeto de lei do CDS, que pretende o fim ao aumento do imposto sobre os produtos petrolíferos “devolvendo às empresas e famílias a possibilidade de adquirirem combustíveis a preços mais baixos”, foi aprovado na generalidade, “depois de ter sido chumbado quatro vezes”.

A proposta “está em linha com aquilo que estava previsto no Orçamento do Estado, e o CDS defende que é possível a sua aplicação do ponto de vista legal e constitucional”.

COMENTÁRIOS